Ouvidoria APEC

A ouvidoria é o órgão de mediação e articulação entre as demandas da comunidade acadêmica (alunos, professores e funcionários) e a administração do UNIGRANDE. Sua atuação constitui-se numa contribuição para o desenvolvimento de uma cultura de transparência ao tempo em que permite uma aferição pela comunidade assistida do nível de compromisso da instituição, por meio do feedback por ela promovido sobre as demandas que lhe chegam (sugestões, solicitações, reclamações e elogios).

A ouvidoria é, portanto, o olhar crítico na instituição, praticando a “pedagogia da cidadania” pelo esclarecimento sobre os direitos e deveres de cada um, além de ser o órgão de última instância, ou seja, acolhe as manifestações quando não houveram soluções para os demandantes.

A comunidade acadêmica pode acessar a ouvidoria de diferentes formas. A mais rápida, porém, é através da “ouvidoria eletrônica”, disponibilizada no site do UNIGRANDE. Outros meios podem, também, ser utilizados, como  e-mails, telefonemas ou pessoalmente.

Envie-nos sua crítica ou sugestão

Preencha o formulário abaixo com a sua manifestação.  O UNIGRANDE somos todos nós. A ouvidoria agradece sua participação.

**Acesse nossa Página de Acompanhamento para consultar o andamento de sua manifestação.

HISTÓRICO

Histórico da Associação de Estudos e Pesquisas Técnico-Científica – APEC:  é uma entidade de fins não econômicos, fundada em 22 de maio de 2006, pelo Centro Universitário da Grande Fortaleza – Unigrande com o objetivo de atender a população do entorno da mesma, e ainda realizar serviços de relevância pública, através de parcerias com entidades públicas e privadas, nas áreas de educação, cultura, esporte e saúde.

De acordo com o Estatuto da APEC:

Art. 2º. A APEC desenvolverá atividades de cunho educacional, técnico-científico, atividades de produção de software, atividades de assistência social, atividades de produção de conteúdos para mídias eletrônicas e digitais e atividades de radiodifusão comunitárias, voltadas para as áreas econômico-financeiras, contábeis, administrativas, jurídicas, de tecnologia da informação, de meio ambiente, de comunicação, culturais, esportivas e de saúde.

Art. 3º. A APEC terá por finalidade:

I – Participar de iniciativas promovidas por Instituições Públicas e Privadas em sua área de atuação, visando contribuir de forma ativa e eficaz para o desenvolvimento educacional, econômico, cultural, tecnológico, ambiental e comunitário da sociedade, em todo o território nacional e no exterior;

II – Incentivar e elaborar projetos, realizar estudos, pesquisas e atividades destinados ao desenvolvimento educacional, econômico, cultural, tecnológico, ambiental e comunitário da sociedade, em todo o território nacional e no exterior.

III – Prestar serviço de consultoria e assessoria às Instituições de Ensino para a melhoria de sua gestão acadêmica/escolar, administrativa e financeira, serviços de capacitação de recursos humanos da própria Instituição e para a realização de cursos de pós-graduação, aperfeiçoamento, extensão, cursos de nível superior, fundamental, médio e profissionalizantes, nas modalidades presencial e a distância;

IV – Realizar pesquisas, simpósios, seminários, congressos, conferências e estudos que visem a melhoria do ensino e a disseminação do saber nas áreas de sua abrangência;

V – Participar da organização e implementação de cursos nas modalidades presencial e a distância, ofertados por Instituições de Ensino, por empresas estatais ou privadas ou por organizações do terceiro setor;

VI – Ofertar cursos em nível de pré-escola, fundamental, médio, profissionalizante, de nível superior e de pós-graduação, nas modalidades presencial e à distância, de acordo com a legislação vigente;

VII – Promover e incentivar a divulgação da produção científica através da radiodifusão, de publicações técnicas, periódicos, monografias, programa áudio-visual e outras formas adequadas;

VIII – Implementar sistemas de bolsas de estudo no sentido de apoiar a formação de estudantes e professores, visando a preparação do cidadão e do profissional;

IX – Incentivar o intercâmbio de pesquisadores, professores e técnicos entre  Instituições de Ensino;

X – Preparar, elaborar, organizar, corrigir e apresentar resultados de provas para concursos;

XI – Prestar serviços de assistência social, de acordo com a Lei Orgânica de Assistência Social – LOAS – Lei 8742/93 em Programas e Projetos desenvolvidos pela APEC ou por entidades conveniadas ou apoiados pela APEC.

XII – Prestar serviços às Instituições de ensino superior, podendo para tanto assinar contratos de gestão objetivando o gerenciamento Administrativo e Financeiro, inclusive na prestação dos serviços de recebimentos ou arrecadações e pagamentos em nome dessas instituições.

XIII – Através das atividades de radiodifusão a APEC buscará:

a) Beneficiar a comunidade com vistas a dar oportunidade à difusão de idéias, elementos de cultura, tradições e hábitos sociais da comunidade;

b) Oferecer mecanismos à formação e integração da comunidade, estimulando o lazer, a cultura e o convívio social;

c) Prestar serviços de utilidade pública, integrando-se aos serviços de defesa civil, sempre que necessário;

d) Contribuir para o aperfeiçoamento profissional nas áreas de atuação de jornalistas e radialistas em conformidade com a legislação profissional vigente;

e) Permitir a capacitação dos cidadãos no exercício do direito de expressão da forma mais acessível possível;

**Acesse nossa Página de Acompanhamento para consultar o andamento de sua manifestação.